Com elementos 3D e shows de Durval Lélys, SP ganha primeiro camarote temático

cine-dagaroaO Carnaval de São Paulo tem conquistado cada vez mais pessoas, seja por conta dos blocos de rua, seja pelos desfiles e eventos que ocorrem nessa época. No Carnaval 2018 a capital paulista vai  ganhar um espaço em sua homenagem instalado em pleno Sambódromo. Batizado Camarote da Garoa, a novidade trará a temática na cenografia, estrutura e presença de personalidades paulistanas, em total sinergia com a cidade.

O camarote terá um mezanino com vista privilegiada do palco, além de elementos 3D explorando o tema “terra da garoa”, menu especial assinado pelo Neka Gastronomia, além de atrações e diferenciais com a cara da cidade de São Paulo. O investimento total foi de R$ 5 milhões. “Tudo foi pensando para oferecer uma experiência única e exclusiva para o público. Não existe hoje nada parecido”, afirma a empresária Margarete Costa, uma das executivas idealizadoras do projeto, ao lado de Marcos Scaldelai e Chico Barbut.

Atrações

O camarote, instalado dentro do Sambódromo, terá atrações nacionais e internacionais que irão agitar os foliões, como Durval Lelys, vocalista do grupo Asa de Águia, e o DJ e produtor alemão Claptone, que ganhou pela terceira vez consecutiva o prêmio de melhor DJ House do Brasil. Confira a programação:

09/02 – Samba de Santa Clara, Zeh Pretim e Claptone
10/02 –  Me Viu Mentiu e Bruninho e Davi
16/02 – Sexta das Campeãs: Durval Lélys e Fica Comigo

Os ingressos já podem ser adquiridos através do site do DA GAROA: http://www.camarotedagaroa.com.br.

https://glamurama.uol.com.br/

Anúncios

Deixe um comentário

RECEBER BEM: DÊ UM SHOW COM CHÁ GELADO…

Blog-Limonada-Colorida-Rosa-com-morango-e1469798199572Além de terem propriedades diversas: calmantes, estimulantes, energéticas  e até curativas…

Alguns  truques – para fazer um bom chá gelado:  Carla, proprietária da Loja do Chá em São Paulo dá dica: jamais coloque gelo para gelar pois além de alterar o sabor, dilui demais a bebida.  Só coloque o gelo na hora de servir e, assim mesmo, em pouca quantidade. Também não é o caso de fazer uma jarra imensa e ir tomando por dias.

tea-drink-iced-2_claudiamatarazzoO bom chá gelado – deve ser feito pela manhã ( para dar tempo de gelar na geladeira) e saboreado em até 12, no máximo 18 horas

Além de  render mais do que um café ou sucos naturais , os chás  ficam lindo e coloridos em uma bandeja bem preparada e para oferecer com um bolo de fubá e/ou um salgadinho.

E porque não com a nossa popular e versátil  tapioca por exemplo? Esses são bolinhos de massa de tapioca mas  as possibilidades são muitas…

Blog-Junina-cubos-de-tapioca-e1465476539212E vale para qualquer hora: das 3 da tarde ( que é o tradicional chá inglês com sanduíches de pepinos ) até happy hour ou mesmo a noite que as noites são quentes e pode servir com uma breja gelada também que ninguém é de ferro…

tea-ice-drink_claudiamatarazzo-e1420481126632Jarras , muito gelo, guardanapos de papel e pratinhos de bolo  e copos altos misturados… Você escolhe como.

 E as alternativas são muitas e saudáveis : o Choco chá por exemplo,  encontrado na Loja do Chá em São Paulo  é uma delícia:  você jura que está tomando chocolate gelado com a textura fresca de um chá. E tem só 30 calorias…

http://www.claudiamatarazzo.com.br

Deixe um comentário

Por dentro da Mansão Versace: a propriedade onde Gianni Versace foi assassinado hoje é um hotel

A casa onde Gianni Versace viveu seus últimos momentos hoje é um hotel || Créditos: Reprodução

Falta pouco para a estreia de “The Assassination of Gianni Versace: American Crime Story”, uma das séries mais aguardadas do ano que estreia nesta quarta-feira nos Estados Unidos e, como o nome indica, é sobre o polêmico assassinato de Gianni Versace em Miami. E a ansiedade em torno do programa baseado em um livro da jornalista americana Maureen Orth é ainda maior entre os funcionários da The Villa Casa Casuarina, também conhecida como a “Mansão Versace” por ter sido o palco do crime que chocou o mundo em julho de 1997.

Comprada pelo milionário americano Peter Loftin em 2000 por US$ 19 milhões (R$ 61,3 milhões), a propriedade foi totalmente reformada e vendida por ele em 2013 para a empresa Jordache Enterprises, em um negócio de US$ 41,5 milhões (R$ 133,8 milhões). Os novos donos resolveram pegar carona na fama do estilista italiano e a transformaram a casa em um hotel boutique com dez apartamentos livremente inspirados nas histórias que ele viveu por lá, com direito até a um restaurante hypado, o Gianni’s, aberto em 2015.

Uma noite na Casa Casuarina não sai por menos de US$ 1 mil || Créditos: Reprodução

Com a atenção que a atração do canal FX está gerando internacionalmente, eles esperam que o The Villa, como o estabelecimento é chamado por aqueles que o frequentam, deixe de ser um ponto turístico meramente fotografado por turistas curiosos para finalmente se tornar um local de hospedagem disputado em South Beach, a região de Miami que, justiça seja feita, recebeu uma forcinha e tanto de Versace para entrar no imaginário popular nos anos 1990.

Atributos para isso não faltam: entre outras coisas, os hóspedes podem ficar no quarto em que o próprio criador Gianni dormia em suas temporadas na Flórida. Ou na suíte que a irmã dele, a hoje diretora criativa da Versace Donatella Versace, se hospedava. Um outro aposento, tão imponente quanto os outros, chama ainda mais atenção: era nele que Madonna, bff de Gianni, ficava quando o visitava.

O restaurante Gianni’s se tornou ponto disputado em Miami || Créditos: Reprodução

As diárias giram em torno de US$ 1 mil (R$ 3.225), mas para quem não dispõe da quantia é possível fazer algo mais simples, como reservar uma mesa no restaurante Gianni’s ou no Onyx Bar, clube intimista que serve aperitivos e foi construído no local onde ficava a cozinha do estilista. Nesse caso dá até para dar uma voltinha pelo jardim em mosaico decorado com figuras mitológicas, como a Medusa que Versace tanto amava e que se tornou a logomarca da maison.

É bom lembrar que a maior parte dos móveis e objetos de decoração comprados por Gianni para seu refúgio particular foram leiloados por Donatella depois da morte dele, inclusive peças em ouro de 24 quilates de seu famoso banheiro particular. Ainda assim, há muito o que se explorar, principalmente em relação aos mistérios da mansão, que teria passagens secretas e até uma espécie de “porto” para pombos-correio usados pelo ex-morador famoso para se comunicar com os amigos. É o tipo de coisa que, uma vez eternizada em produções hollywoodianas, pode se tornar uma fonte de lucro inesgotável. (Por Anderson Antunes)

https://glamurama.uol.com.br

Deixe um comentário

Penelope Cruz recebe flores enquanto família Versace repudia série sobre a morte de Gianni

Penélope Cruz na pele de Donatella Versace || Créditos: Reprodução Instagram

O assunto mais falado do momento entre a turma da moda e da TV é a estreia da temporada de “American Crime Story” dedicada ao assassinato de Gianni Versace, que vai ao ar no dia 17 de janeiro pelo canal FX. Polêmicas e fatos desencontrados tem deixado todo mundo confuso. Explicamos: nesta semana, pouco após a família Versace se pronunciar dizendo que a série deve ser considerada uma mera obra de ficção, Donatella Versace enviou flores para a Penelope Cruz, atriz que a interpretou em “The Assassination of Gianni Versace”.

Quem comentou sobre o presente recebido por Penelope foi o próprio escritor e diretor da série Ryan Murphy. “Donatella Versace enviou a Penelope um imenso arranjo de flores ontem”, disse ele ao portal “WWD”, durante a pré-estreia da série, que rolou nessa terça-feira. A atriz emendou o papo, dizendo que o mimo a deixou muito feliz, mas disse que não sabia se Donatella, que é sua amiga pessoal, tinha ou não visto a série.

Voltando ao comunicado enviado à imprensa nesta semana, ele marcou a primeira vez que a família Versace se pronunciou sobre “The Assassination of Gianni Versace” e deixa claro seu não envolvimento com sua produção. “A família Versace não autorizou e nem esteve envolvida na série de TV dedicada à morte de Gianni Versace. Uma vez que a Versace não autorizou o livro que serviu parcialmente como roteiro para a série e não participou da criação do roteiro, esta série de TV deve ser considerada uma obra de ficção.”  

A história retratada no seriado escrito por Ryan Murphy se baseia nos últimos dias de vida do estilista, morto em frente a seu château em Miami Beach, em 1997. Seu assassino, o serial killer Andrew Cunanan, cometeu suicídio uma semana depois, bem no momento em que a polícia estava pronta para prendê-lo. O script teve como base o livro “Vulgar Favours”, lançado em 1999. Na ocasião do lançamento do livro, a família Versace deixou claro seu não envolvimento com a obra, da mesma forma que fez agora com a série.

Nenhuma ação legal foi tomada contra o canal FX, mas Donatella Versace, irmã de Gianni e atual vice-presidente do Grupo Versace, chegou a dizer em entrevista ao portal “WWD” em novembro que não tinha pretensão de assistir a série: “Falei com Penélope, ela é uma amiga e disse que vai me tratar com respeito – mas não sei o que será (mostrado) já que vem de um livro que diz falsidades incríveis”, disse ela. O único pedido especial feito por Donatella ao diretor da série foi que a filha, Allegra, não fosse envolvida ou retratada em nenhum momento da trama.

Em sua defesa e de Murphy, o canal se pronunciou: “Assim como a série original ‘American Crime Story: The People Vs OJ Simpson’, baseada no bestseller “The Run of His Life” de Jeffrey Toobin, “The Assassination Of Gianni Versace” também foi baseado na pesquisa intensa de Maureen Orth feita para o livro ‘Vulgar Favors’, que examina a verdadeira fúria do crime cometido por Andrew Cunanan.”

Em tem mais: Antonio D’Amico, modelo e namorado de Versace por 15 anos, também criticou imagens de divulgação da série. “A imagem de Ricky Martin segurando o corpo em seus braços é ridícula”, disse ele, comparando a cena à obra “Pietá” de Michelangelo. “Talvez seja a licença poética do diretor, mas não foi assim que eu reagi.” .

Abaixo, assista o trailer oficial de “The Assassination of Gianni Versace: American Crime Story”.

http://glamurama.uol.com.br/

Deixe um comentário

Louboutin e a realeza perdida na coleção Primavera-Verão 2018

louboutin-colecao-primavera-verao-2018-768x512coleção Spring-Summer 2018 (Primavera-Verão) de Christian Louboutin é inspirada em um conto de fadas da realeza passada.

Os melhores acabamentos da era georgiana e a opulência da vida em um castelo são representados por veludos luxuosos, laços franceses intrincados, bordados elaborados e enfeites sumptuosos de strass.

louboutin-colecao-primavera-verao-2018-1-768x521

louboutin-colecao-primavera-verao-2018-10Com detalhes finos adequados para a corte real, sandálias e sapatos clássicos são embelezados com cristais preciosos (Babouchkaflor das mulheres), enquanto que o Dandelion masculino recebe um tratamento detalhado a mão com a assinatura Christian Louboutin, cristais Swarovski e sublimes bordados cannetille.

louboutin-colecao-primavera-verao-2018-3Ideal para as noites, o Gipsybootie é elegante e delicado, deixando pouco para a imaginação, uma silhueta esbelta vestida de renda marquise preta feita à mão em Caudry, na França, onde a lactação está no seu melhor.

louboutin-colecao-primavera-verao-2018-9Para o homem, o Officialito Flat possui um tecido de luxo marinho que pode ser criado em apenas uma das fábricas especializadas da Itália.

A coleção Christian Louboutin Spring-Summer 2018 está disponível no site oficial da marca e nas boutiques Christian Louboutin.


Confira mais fotos da coleção na galeria abaixo

louboutin-colecao-primavera-verao-2018-8

 

louboutin-colecao-primavera-verao-2018-7

 

louboutin-colecao-primavera-verao-2018-4

 

louboutin-colecao-primavera-verao-2018-2

 

louboutin-colecao-primavera-verao-2018-6http://webluxo.com.br

Deixe um comentário

Exposição da Dior em Paris bate recorde de visitas em 112 anos

exposicao-dior-paris-1visita de mais de 700 mil pessoas a uma exposição, em Paris, dedicada à marca Christian Dior quebrou um recorde de 112 anos, revelou a organização na segunda-feira.

exposicao-dior-paris-5A exposição, que terminou no domingo após seis meses em exibição, foi a mais popular de sempre no Museu de Artes Decorativas, em Paris, com os visitantes aguardando em média quatro horas na fila para conseguirem ver alguns dos mais emblemáticos designs da marca de luxo.

exposicao-dior-paris-3A exposição “Christian Dior, couturier du rêve” (“Christian Dior, designer de sonhos”) foi organizada para assinalar o 70º aniversário da marca, contando a história da Dior através de cerca de 300 vestidos de alta costura usados por estrelas como Marlene Dietrich ou Rihanna.

David Cameo, diretor do museu, disse à AFP que a afluência foi “um recorde absoluto”, a mais elevada de uma exposição nos 112 anos de história do museu.

A exposição também atraiu uma série de estrelas de Hollywood e top models – que foram poupados à espera nas filas -, incluindo Jennifer Lawrence, Robert Pattinson e Bella Hadid, alguns dos quais são embaixadores da marca.

Mas, nem todos ficaram felizes com a exposição. A revista francesa Marianne acusou a venerável instituição, situada ao lado do museu do Louvre, de se vender.

Museu como “vitrine”

A escritora Agnes Poirier acusou o museu de se tornar numa “vitrine para marcas comerciais…sob um disfarce de arte”, criticando também a sua anterior ligação com a fabricante de brinquedos Mattel por uma outra exposição extremamente popular sobre a boneca Barbie.

exposicao-dior-paris-4 (1)No entanto, Cameo disse à AFP que a enorme afluência foi uma bênção financeira para o museu, ajudando-o a angariar um grande excedente, que ajudará “a reequipar e pagar uma renovação nos estúdios de restauração”.

Em 2012, uma retrospectiva do trabalho do designer de moda norte-americano Marc Jacobs atraiu mais de 200 mil visitantes, um número que foi à data um recorde para a instituição, que é financiada pelo estado.

Em março, o museu espera dar continuidade ao sucesso da exposição sobre a Dior com outra iniciativa focada na moda, que se debruçará sobre a passagem do enigmático e misterioso designer belga Martin Margiela pela Hermès.

exposicao-dior-paris-2Esta será uma de duas exposições dedicadas ao criador que terão lugar na capital francesa esta primavera, estando prevista a inauguração, também em março, de uma retrospectiva do seu trabalho no museu da moda Palais Galliera.

Apesar de bater recordes, a exposição da Dior esteve longe de ser a mais popular de Paris em 2017. Esse posto é ocupado pela exposição “Icons of Modern Art” (Ícones da Arte Moderna), que atraiu 1,2 milhões de pessoas à Fundação Louis Vuitton. Esta exposição era composta por elementos da impressionante coleção de 250 quadros reunida pelo colecionador Sergei Shchukin antes da revolução bolchevique, nunca antes vista fora da Rússia.

http://webluxo.com.br

Deixe um comentário

Pensando em ir para Paris? Galleries Lafayette fazem liquidação de inverno até fim de fevereiro

tamanho-galeries-1024x627Para quem está planejando curtir o frio de Paris, a tradicional liquidação de inverno da Galleries Lafayette, no Boulevard Haussmann, promete esquentar o ambiente. O circuitão de descontos na famosa e mais antiga loja de departamentos da capital da França começa nesta quarta, dia 10 de janeiro, e vai até 20 de fevereiro. Os descontos?

Prepare-se: de 20% a 70%. As ofertas abrangem todos os setores da loja, incluindo alguns dos favoritos dos turistas brasileiros, como os de perfumaria, moda, gourmet e casa.

A Galeries Lafayette, inaugurada em 1894, no Boulevard Haussmann, tornou-se com o passar do tempo não apenas uma loja de departamentos (a primeira da Europa), mas também um ponto turístico de Paris. Com 70.000 m2 em três edifícios, recebe 100.000 visitantes por dia.

O novo setor de tênis na Gallerie Lafayette, no Boulevard Haussmann, em Paris: descontos de inverno atraem turistas Divulgação – Divulgação

No setor de moda, são 3.500 marcas, desde as mais acessíveis a grifes internacionais de renome, como Louis Vuitton, Chanel, Prada, Gucci, Burberry, Balenciaga, MiuMiu, M.A.C, Lancôme, Dior e Sisley.

Os turistas brasileiros, que costumam adorar fazer compras na Lafayette, contam com atendentes que falam português. Há também serviço de entrega de compras no hotel e orientação para reembolso de impostos (12%).

Para saber mais, visite o site da Galleries Lafayette, em português: haussmann.galerieslafayette.com/pt-br. Ou no site em francês: galerieslafayette.com.

https://oglobo.globo.com

 

Deixe um comentário

45° edição da Couromoda abre temporada de vendas do setor calçadista brasileiro

couromoda-768x512COUROMODA, que comemora 45 anos em 2018 como a mais importante feira de calçados e artigos de couro da América Latina, abre oficialmente o calendário de vendas e eventos brasileiros. Sua 45ª edição acontece entre os dias 15 e 18 de janeiro, no Expo Center Norte, em São Paulo, e reúne os mais importantes players do mercado calçadista nacional para apresentar para compradores de todo o Brasil e outros 60 países as novas coleções e tendências do setor.

A edição deste ano vai reunir mais de 2 mil marcas expositoras nos segmentos feminino, masculino, infantil, bolsas e acessórios, que representam cerca de 90% da produção brasileira de calçados e acessórios. Durante seus quatro dias e nos meses seguintes, por estar na data estratégica de compras do varejo, a feira gera negócios que correspondem a 35% do movimento anual do setor.

Integrada 100% à Couromoda e localizada em ponto estratégico na entrada do evento, acontece a 8° edição da São Paulo Prêt-à-Porter – Feira Internacional de Negócios para Indústria de Moda, Confecções e Acessórios. Juntas, as duas feiras oferecem aos lojistas a oportunidade de conferir as tendências da temporada em toda cadeia fornecedora do varejo, ampliando as possibilidades de um resultado 360º ao visitante profissional. Mais focada em marcas de moda brasileiras, novos designers e produtores de pequena escala, a edição conta com curadoria de Rica Benozzati, stylist
renomado no mercado.

“A edição de janeiro de 2018 tem um sabor especial porque comemora 45 anos de COUROMODA, que ao longo dessas mais de quatro décadas sempre esteve atualizada com o mercado e acompanhando as novas tendências apresentadas nas grandes feiras mundiais de calçados e moda. A renovação faz parte do DNA da feira e na edição de 2018 não será diferente. Expositores, lojistas e compradores de todas as partes do mundo vão encontrar um evento com layout mais moderno, fashion e antenado com as necessidades dos profissionais que nos visitam, em um ambiente propicio para a geração de negócios e troca de informações”, destaca Jeferson Santos, diretor geral da Couromoda.

NEGÓCIOS EM FOCO

Fórum Couromoda e São Paulo Prêt-à-Porter: nesta edição, uma arena será montada dentro do pavilhão, onde acontecerão palestras simultâneas com foco no varejo, tecnologia e futuro do mercado calçadista. A iniciativa é realizada em parceria com o IED, Istituto Europeo di Design, e com o Grupo Padrão;

Interação tecnológica: estarão nesta área de convívio para lojistas, expositores de tecnologia que oferecem soluções, ferramentas estratégicas e de marketing digital para facilitar a adequação ao novo cenário e modo de venda;

Exportação: Couromoda Exporter é uma área dentro da feira destinada às empresas focadas em exportação, que conta com uma vitrine de produtos e um lounge exclusivo para importadores visitantes. Esse espaço facilita o acesso dos mais de 2.200 compradores internacionais, de cerca de 60 países da América Latina, Estados Unidos, Europa e Oriente Médio, ao produto desejado. A exportação de calçado tem um papel importante na economia brasileira, somente até novembro deste de 2017, foram exportados quase 110 milhões de pares, o que resulta um faturamento de U$$ 973 milhões, 11,9% a mais do que o mesmo período de 2016;

Incentivo para micro, pequenas e médias empresas: a Couromoda oferece condições especiais para as micros, pequenas e médias empresas em seus primeiros e segundos anos de participações no evento, por meio dos programas Minha Primeira Couromoda, Couromoda Evolução e Incubadora Couromoda;

Empreendedorismo: pequenos lojistas de calçados e vestuário poderão fazer negócios na feira, incentivados por caravanas organizadas pelo SEBRAE-SP. Outra iniciativa da Couromoda são os estandes coletivos, compartilhados por pequenas e microempresas, que contam com apoio financeiro de federações, governos e também do SEBRAE-SP.

MODA EM FOCO

Fashion Spot: área da Couromoda que reúne propostas de design diferenciado e inovador, marcas autorais e designers, estilistas e empreendedores que focam seus projetos a atenderem uma nova linha de consumidores ávidos por produtos especiais;
Espaço Novos Talentoss): dentro da São Paulo Prêt-à-Porter, reúne a nova geração de designers, estilistas e marcas de calçados, bolsas e roupas que trabalham na proposta low fashion, com produtos elaborados artesanalmente e com foco no estilo contemporâneo. Alguns deles já exportam para a Europa e Estados Unidos onde o trabalho de alta qualidade artesanal e com matéria prima premium é muito valorizado.

SERVIÇO: COUROMODA
45ª Feira Internacional de Calçados, Artefatos de Couro e Acessórios de Moda
Via | Couromoda |  @couromoda

SÃO PAULO PRÊT-À-PORTER
8ª Feira Internacional de Negócios para Indústria de Moda, Confecções e Acessórios
Via |  São Paulo Prêt-à-Porter  | @sppretaporter

De 15 a 18 de janeiro de 2018
Segunda à quarta-feira: das 10h às 20h
Quinta-feira: das 10h às 17h
Expo Center Norte – São Paulo

http://webluxo.com.br

Deixe um comentário

Edição histórica do Globo de Ouro foi marcada por manifestos contra abuso sexual e em prol das mulheres

Destaques do Globo de Ouro 2018: Dakota Johnson, Viola Davis, Angelina Jolie e Nicole Kidman || Créditos: Getty Images

Uma legião de estrelas se vestiu de preto em uma noite histórica para Hollywood. A cor foi eleita como dress code absoluto da 75ª edição do Globo de Ouro que aconteceu nesse domingo, em Los Angeles, como forma de protesto e apoio ao movimento Time’s Up Now – iniciativa que luta pelo combate ao assédio sexual nos Estados Unidos.

A campanha “On Sunday We Wear Black” (No Domingo Nós Vestimos Preto) pede para que qualquer pessoa, independente de quem seja e de onde esteja, vista preto em solidariedade a mulheres e homens que foram silenciados por discriminação, abuso ou assédio.

O movimento ganhou força depois das acusações a diversos figurões da indústria de cinema encabeçados pelo poderoso produtor Harvey Weinstein e conquistou muitas estrelas do cinema. Como Brie Larson enfatizou no palco da premiação, o movimento foi criado em apoio à mulheres indefesas e se vestir com consciência foi apenas um dos fatores que marcou a premiação, já que ela também não deu espaço a algum a nomes acusados recentemente”, lembrando que ano passado Casey Affleck, acusado de assédio sexual, ganhou como Melhor Ator por “Manchester à Beira-Mar”. A única a se manifestar contra o prêmio na ocasião foi Brie Larson, pedindo um minuto de silêncio a todos.

E apesar do apresentador da noite ter sido um homem, o comediante Seth Meyers, que até brincou dizendo que ali estavam apenas os que haviam sobrado, a noite foi das mulheres que, cada uma à sua maneira, representou a causa em nome das mulheres de todo o mundo.

Apesar de todos estarem usando preto, o que causou um grande impacto no tapete vermelho, a cobertura do Globo de Ouro dessa vez não se voltou a frivolidades e ao que as celebridades estavam vestindo, para a tristeza das marcas, que emprestam seus vestidos em troca de publicidade.

O efeito do poderio feminino se refletiu também na premiação. As séries que se destacaram foram as de temática feminista, como as incríveis “Big Little Lies”, que tinha seis indicações e ganhou quatro, e “The Handmaid’s Tale”, com três indicações e dois prêmios. A primeira, baseada no romance de mesmo nome de Liane Moriarty, estrelada e produzida por Reese Witherspoon e Nicole Kidman, tem como trama central um grupo de mães cheias de preocupações com suas crianças e perturbadas por situações de violência e opressão. Já a segunda, inspirada no romance homônimo da escritora canadense Margaret Atwood, produzida e estrelada por Elizabeth Moss,  se passa em um universo fictício em que mulheres, de uma hora para a outra, têm seus direitos revogados. Não podem mais trabalhar, nem votar. O dinheiro que tinham é confiscado, assim como todos os bens que possuíam. Elas passam a ser propriedade dos homens.

Se vestir com consciência resultou em um dos melhores tapetes vermelhos dos últimos tempos, já que a cor preta diminui a margem de erro e já conta com uma sofisticação natural. O espírito elegante e glamuroso dos anos dourados do cinema foi resgatado pelas produções de Angelina Jolie e Diane Kruger, enquanto Claire Foy apareceu linda vestida de terno combinando com seu colega na série “The Crown” Matt Smith.

Heidi Klum e Kendall Jenner usaram comprimento mullet em vestidos ricos em texturas. E as mais elegantes entre as elegantes apostam em vestidos com caudas: Viola Davis, Penelope Cruz, Nicole Kidman, Catherine Zeta-Jones e Dakota Johnson.

Emma Watson, Meryl Streep e Michelle Williams foram acompanhadas de mulheres ativistas. Michelle levou Tarana Burke, fundadora do movimento #MeToo, Meryl chegou com Ai-Jen Poo, diretora da ONG  National Domestic Workers Alliance, e Emma posou de braços dados com Marai Larasi, fundadora do Imkaan.

Resta a dúvida: será que no Oscar, que rola no dia 4 de março, também haverá outro?

https://glamurama.uol.com.br/

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: