Cuide do que é da sua conta

É difícil o suficiente ter que criar uma vida serena quando temos que lidar com nossas próprias tendências mentais, assuntos complexos, problemas da vida real, hábitos e as contradições e complicações da vida.Mas quando você se sente compelido a lidar com os problemas das outras pessoas, seu objetivo de atingir a paz torna-se quase impossível de ser alcançado.

1005749_297152903761969_652744013_nQuão frequentemente você se pega dizendo coisas como “EU NÃO FARIA ISSO SE FOSSE ELA” ou ” EU NÃO POSSO ACREDITAR QUE ELE TENHA FEITO ISSO”.Quantas vezes você se sente frustado, aborrecido, irritado ou preocupado com coisas que não só NÃO TEM COMO controlar ou ajudar de fato, mas não são da sua conta.

 Esta não é uma fórmula para impedir que você ajude as pessoas.Pelo contrário ensina quando deve ajudá-los e quando deve deixar o fardo para outrem. Eu costumava ser o tipo de pessoa que sai correndo na frente e tenta resolver problemas antes mesmo que alguém peça.Não só meus esforços se tornavam inúteis, como eles eram frequentemente e muitas vezes motivo de ressentimento.

Cuidar do que é da sua conta vai muito além de evitar a tentação de tentar resolver os problemas dos outros.Uma das razões principais pelas quais a maioria de nós gosta de se deter nas falhas ou problemas alheio e evitar encarar o nosso próprio fardo.

Quando passamos a cuidar do que é da nossa conta, em pouquíssimo tempo, você vai se livrar da perda de galões de energia extra e concentrar sua atenção onde ela é realmente necessária.

Richard Carlson

Anúncios
  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: