A Síndrome do Dedo Podre

o-dedo-podreDessa vez ia ser diferente. Era apenas mais um encontro com um cara legal. Mas prometi que seria diferente. Nada de cair nas “conversinhas” de sempre. Nada de se iludir. Afinal de contas, ele parecia diferente. Atencioso. Carinhoso. Agora era pra valer.

Mas não foi bem assim. De novo. E tive certeza que o problema estava comigo. Não eram os homens os errados, era eu. A única resposta que cheguei depois de mais uma pequena história de um relacionamento curto e desastroso.

A incrível capacidade de atrair os mesmos caras perfeitamente cafajestes era só minha. Sempre a mesma coisa, a mesma conversa, as mesmas atitudes e o mesmo sofrimento. Atitudes iguais não podem dar resultados diferentes, essa é a verdade.

Esta se identificando amiga? Vem comigo e vamos conversar.

Todas nós queremos encontrar alguém, isso é fato. Mas acredito que o desespero de estar sempre nessa busca acaba causando certa tendência em insistirmos em caras que não chegam a ser um décimo do que realmente sonhamos. E pior que isso, acabamos entrando em dois ciclos viciosos totalmente diferentes causados por uma única pessoa.

sindrome-628x356O primeiro que consiste em conhecer alguém, ter um encontro, ser tudo maravilhoso e ir pra casa nas nuvens. E o segundo ciclo, aquele que vem com a frustração dos dias seguintes, das desculpas esfarrapas do cara, da revolta que sentimos e do sofrimento de mais uma decepção amorosa (digamos assim). E sabe o sentimento que vem depois? Ficamos com raiva.

Raiva dele, raiva de ter saído com ele, raiva de ter caído na conversinha dele, raiva dele ter sumido, raiva da gente.

Você pode ser a mulher mais linda do mundo, a mais bem resolvida profissionalmente, estar impecável com sua roupa, cabelo e unhas, mas se sua carência for grande demais, ela vai superar tudo isso e dominar você. E, acredite, quando isso acontece parece que nos tornamos um verdadeiro imã para os cafajestes de plantão.

É preciso, antes de qualquer coisa, se amar. Saber o que se quer e não aceitar menos que isso. Ter coragem de dizer um belo NÃO para aquele cara que já deu sinais de que não presta. (porque no fundo, sabemos quando o cara não quer nada com a gente).

lembre-se que você sempre atrai o que transmite. A famosa lei da atração. Ou seja, ficar pensando a todo momento que você só atrai os homens mais cafajestes do mundo só vai contribuir para que isso aconteça, sempre. Pensamentos negativos tendem a virar realidades mais negativas ainda. Sendo assim use isso a seu favor. Mentalize coisas positivas a todo momento e esqueça essa ideia fixa de que a síndrome do dedo podre te pertence.

E só então, quando estiver mais segura dos seus sentimentos, mais firme em controlar seu desespero e cheia de positividade sobre a vida e você, vai perceber como os homens (de verdade) vão começar a se interessar pela mulher que é. As coisas tendem a fluir melhor quando aprendemos a relaxar.

E, enquanto isso não acontece, minha amiga, tenha em mente uma única coisa: antes estar só do que mal acompanhada.

thesecret.tv.br/

Anúncios
  1. #1 por Lariis em agosto 14, 2015 - 4:29 pm

    Eu amei, acho que quando agente procura ou escolhe alguém para namorar,a tendência de ser uma catástrofe é gigantesca.
    É melhor ter calma e esperar que tudo vem na hora certa, quando agente menos espera.
    Beijos minha linda, bom final de semana!

  2. #2 por eugeniacarioca10 em agosto 14, 2015 - 5:26 pm

    Amei o texto, nossa cara, mas aprendemos com os erros. Bjim e um final de semana de muita paz.

  3. #3 por Andreia em agosto 14, 2015 - 9:42 pm

    Nossa essa frase já falei muito, Ótima matéria.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: