COMO SOBREVIVER COM CLASSE A MAIS UM CARNAVAL

Quem já não se viu em apuros no dia seguinte a uma noite de folia tentando lembrar com quem terminou a noite e que juras perpetrou?

carnaval-folio_claudiamatarazzo-e1423169341510Vamos combinar: nosso carnaval já começou faz tempo: além do mês que antecede os festejos, estamos desde o ano passado dançando – literalmente – em função das mais variadas festas, comemorações e feriados.

Desde 2014 com a Copa do Mundo, emendada com eleições, não houve muito tempo ou oportunidade para que os brasileiros canalizassem energias para tocar suas vidas de forma eficiente.

Aí entramos o ano de 2017 com a crise do país. Mas nada disso parece arrefecer a eterna disposição a festa dos verdadeiros foliões.

Folia Cancelada – alguns prefeitos mais conscientes (6 prefeituras em 6 estados para ser mais exata) cancelaram os festejos oficiais para usar a verba em ações emergenciais – que abundam país afora.

Se você é da turma que não faz questão de Carnaval, certamente estará remando contra a maré até a quarta feira de cinzas. Cuidado: além de parecer estraga prazer, você pode acabar com uma incômoda sensação de “não pertencimento”.

Já se você é um adepto fervoroso de Rei Momo, sabe que esse é o momento de liberar para deitar, rolar, namorar, beber, pular – enlouquecer enfim!

Beleza, mas até mesmo para perder o rumo de casa é preciso ter, digamos, uma certa compostura.

Calma, não vou me meter a ditar regras de etiqueta carnavalesca. Apenas acho que segredo é se prevenir.

Beber até cair pra que? além de perder o melhor da festa, você se transforma em um tremendo chato. Pouca gente faz isso mas deveria: evite começar a beber em casa.

Ok,  se fizer questão  do esquenta, coma antes. E direitinho  -não apenas uns aperitivos. Assim, seu baile – e o fôlego – vão durar muito mais. Intercalar muita água com bebida também ajuda.

Ressaca – se no dia seguinte não lembrar nada, nem pense em ligar e mandar mensagens desesperadas a todos que você supõe ter estado presentes para perguntar o que foi mesmo que você fez ou falou.

No máximo, confira isto com quem o/a acompanhou ou algum amigo muito íntimo. E dependendo de quem estava com você, um agrado ou uma gracinha com um sincero pedido de desculpas pode neutralizar um pouco a péssima impressão causada.

Carnaval na  Rua /Blocos – 

Em bloco, não se fuma. Em Salvador, cheguei a levar váaaaarios cigarros acesos em meu abadá e nas costas – DOEU!!!

Beber até cair?  beba moderadamente – difícilímo né? Ok. Então beba também muita água pra não dar trabalho: bêbado é chato SEMPRE – inclusive no Carnaval

Xixi na rua – só se for no bloco dos cachorros …. Em que mundo estamos pra liberar xixi pra milhares de pessoas ?!?!?

Mão boba – beliscão e passar a mão descaradamente não vale : Carnaval não justifica grosseria. Ok com uma Troca de olhares eletrizantes pode ir fundo!!

Bebês e crianças na Folia – fique com eles ( com ou sem carrinho) nas laterais do bloco  ter uma rota de fuga e não atrapalhar os outros foliões

Respeite os cadeirantes – e muletantes  e todos com dificuldade de locomoção – parece óbvio mas na hora da folia as pessoas desandam e piram…
E respeite a casa alheia –  não invada nem jogue lixo nos  jardins e quintais das casas, não encoste e use o muro para se largar, urinar,  muito menos jogar lixo.

Lixo no Carnaval: latas, fantasia usada e outros lixos devem ser jogados nos lixos públicos QUE EXISTEM É SÓ PROCURAR … Nem custa tanto e a cidade continua sendo a sua cidade no dia seguinte..
Garrafas de vidro nunca – vão quebrar, cortar pés dos outros e mesmo que vc tome cuidado com sua garrafa em algum momento ela vai ser abandonada e outros não vão ter o mesmo cuidado.

Eu não danço –  nos salões, todo mundo se vê obrigado a dançar. Mas não há o menor problema em ser um observador.. Apenas deixe isso bem claro a quem o/a acompanha. E avise antes de sair de casa: “Vou, gosto mas não danço.” Evita muita chateação e cara amarrada .

Para quem detesta carnaval… – evite  alardear o fato  a cada vez que alguém comentar que não vê a hora de cair na folia. Pra que?

Ninguém é obrigado a aderir ao espírito de Rei Momo apenas porque chegou a hora. Mas tentar cortara onda do país inteiro é, no mínimo, uma pretensão inútil.

carnaval-mascara_claudiamatarazzo-660x495claudiamatarazzo.com.br

Anúncios
  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: