No aniversário de Salvador Dalí, os 7 quadros mais caros do artista

DalíNascido há exatos 113 anos, Salvador Dalí começou a dar sinais de que se tornaria o artista excêntrico que foi aos sete anos: enquanto as outras crianças da mesma idade que ele sonhavam com coisas normais, o artista espanhol queria ser Napoleão. Aos 16, Dalí escreveu em seu diário: “Eu vou ser um gênio e o mundo inteiro vai me admirar. Talvez eu seja rejeitado e incompreendido por alguns, mas serei um gênio”.

Não demorou para que a previsão começasse a ser tornar realidade, quando ele embarcou em uma jornada – não raramente tumultuada – por movimentos como o cubismo, o purismo e o surrealismo. Sem seguir regras, Dalí fez escola ao transformar em arte seus sonhos e também seus pesadelos e alguns dos trabalhos dele hoje também estão entre as obras de arte mais famosas e caras do mundo.

1-copy

#1 “Portrait de Paul Eluard”, 1929 Retrato de Paul Eluard, amigo de Dalí, o quadro retrata o poeta surrealista rodeado por elementos do imaginário do artista espanhol, uma prova da forte ligação que existia entre eles. Das telas pintadas por Dalí, é a mais cara de que se tem notícia, tendo atingido a soma de US$ 22,4 milhões (R$ 70,8 milhões) quando foi vendida, em 2011, em um leilão realizado pela Sotheby’s de Londres.

2-1-726x600

#3 “Enigmatic Elements in a Landscape”, 1934 Pintado sem interrupções por Dalí, o quadro retrata um dos maiores ídolos dele, o pintor holandês Jan Vermeer. O curioso é que a obra era pouco conhecida até ser colocada à venda em 2011, quando foi comprada por US$ 11 milhões (R$ 34,8 milhões) pela Fundação Gala Salvador Dalí, que opera quatro museus em homenagem ao artista.

3-copy

#3 “Enigmatic Elements in a Landscape”, 1934 Pintado sem interrupções por Dalí, o quadro retrata um dos maiores ídolos dele, o pintor holandês Jan Vermeer. O curioso é que a obra era pouco conhecida até ser colocada à venda em 2011, quando foi comprada por US$ 11 milhões (R$ 34,8 milhões) pela Fundação Gala Salvador Dalí, que opera quatro museus em homenagem ao artista.

4-copy-738x600

#4 “Etude pour ‘Le miel est plus doux que le sang’”, 1927 A primeira tela surrealista de Dalí começou a ser pintada quando ele tinha apenas 26 anos, e é parte de uma série formada por outra tela que está perdida há anos. Em 2011, foi vendida em um leilão da Christie’s por US$ 6,8 milhões (R$ 21,5 milhões).

#5 “Spectre du soir sur la plage”, 1935 Acredita-se que a praia retratada na obra fique em Costa Brava, uma cidade da província de Girona, na Espanha, que Dalí frequentava quando era criança. Considerado um dos melhores exemplares da fase surrealista dele, o quadro foi vendido em 2010 por US$ 5,68 milhões (R$ 17,9 milhões) em um leilão da Sotheby’s.

6-copy

#6 “Ma femme nue regardant son propre corps devenir marches, trois vertrebes, d’une colonne, ciel et architecture” 1945 Tão famosa por sua qualidade técnica quanto pelo título longo (“Minha Esposa, Nua Olhando para seu Próprio Corpo, Que é Transformado em Passos, Três Vértebras e uma Coluna, Céu e Arquitetura”, em tradução livre), a tela retrata Gala e também foi pintada por Dalí nos Estados Unidos, e foi vendida em um leilão da Sotheby’s realizado em 2000 por US$ 4,76 milhões (R$ 15 milhões).

Nu dans la plaine de rosas, 1942O óleo sobre tela foi pintado por Dalí na época em que ele viveu nos Estados Unidos, e teve como inspiração a mulher dele, Gala. Encomendada pela empresária americana Helena Rubinstein, que precisava quadro para decorar a sala de jantar de seu apartamento na Park Avenue, em Nova York, a obra foi vendida em 2009, em um leilão da Christie’s, por US$ 4 milhões (R$ 12,6 milhões).

glamurama.uol.com.br

Anúncios
  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: