Valentino alta-costura- OUTONO-INVERNO 2017/18

Pierpaolo Piccioli quis fazer uma ponte entre os rituais e sacramentos da igreja católica e do ateliê da alta-costura nessa coleção de outono-inverno 2017/18 da Valentino apresentada na Semana de Alta-Costura de Paris.

Seu ponto de partida foram os quadros do espanhol Francisco de Zurbáran, e a roupa monástica que já foi um dos ícones da marca na fase em que o estilista fazia dupla com Maria Grazia Chiuri (atual Dior) agora ganha um novo ar.

E “ar” é mesmo uma ótima palavra: mais do que a simples citação do hábito, a coleção é arejada, modernista em seu uso de cores e suas modelagens com bastante oversize – lembra, inclusive, o trabalho de Raf Simons na Jil Sander.

O uso das rendas, que normalmente remete ao romantismo na Valentino, é mais severo, quase concretista em sua simetria e blocagem.

As transparências e vãos dão bastante sensualidade, criando um dualismo interessante entre o espiritual e o carnal

lilianpacce.com.br

Anúncios
  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: