Dona Elegância

Este usuário não compartilhou nenhuma informação biográfica

Página Inicial: http://falandocomvoce.wordpress.com

Vai de Passeio Completo ?

Fashion-Men-Shoes-blazer-suits-amenimario-1Mas fica difícil quando as mídias, muitas vezes operadas por pessoas mal informadas ou sem a formação técnica necessária, divulga em larga escala novos conceitos que podem nos fazer cair em armadilhas constrangedoras.

Na foto acima o passeio completo com a versão de colete e mais esportivo até por conta da meia listrada… Como se vê, as versões podem variar e os homens precisam de um pouco de paciência para interpretar todas.

A Denominação de trajes – (e o seu visual) em eventos profissionais ou sociais, longe de ser uma frescura, é necessária para identificar o indivíduo dentro de um grupo, área ou mesmo universo profissional. Ela é mais maleável no campo social mas, profissionalmente é imprescindível saber o que usar para um evento cujo convite vem com “Passeio Completo ” – por exemplo.

Nosso mais recente James Bond impecável em passeio completo

Estou falando apenas desse traje hoje, pois, parece ser o que as pessoas mais tem dúvidas… E não é para menos, pois há muitas nomenclaturas diferentes que podem indicar o mesmo dress code.

Vamos entender:

Terno escuro – está correto e pode substituir o termo passeio completo. Na verdade é o costume escuro para os homens e, para as mulheres, vestidos curtos ou pantalonas em tecidos mais nobres com ou sem brilhos, mais ou menos trabalhados.

Social – termo usado de forma errada. O social pode se referir a um blaser – ou paletó – usado com ou sem gravata com calça social ou esportiva. E não é Passeio Completo que é a versão mais formal desse “social”.

Esporte Fino – Erradoooooo!! Não existe esporte fino nem grosso tá? É esportivo ou não. O que as pessoas querem dizer quando usam “esporte fino” na verdade é o equivalente ao que se chama de “Passeio” – sem o completo…

Ok, Passeio nada mais é do que o blaser ou paletó com calças – com ou sem gravata. E para as mulheres novamente, roupa curta mas em tecidos menos nobres, e com sapatos e bolsas mais informais.

Fashion-Men-Sport-Casual_amenimario-20A sequência seria Esporte (ou Casual), Passeio e Passeio Completo – do mais esportivo ao formal.

E, no ultra formal temos Black Tie (ou À Rigor ) e Gala. 

http://www.claudiamatarazzo.com.br

Anúncios

Deixe um comentário

Louis Vuitton lança segunda coleção com Jeff Koons

louis-vuitton-2a-colecao-jeff-koons-768x768 Louis Vuitton acaba de revelar a nova edição de Masters em colaboração com o conceituado artista Jeff Koons.
Bolsas e acessórios da Maison transformam-se em telas de obras dos grandes mestres de arte.

Em Abril deste ano, a estreia da linha incluiu algumas das mais icônicas imagens da Arte. Nesta segunda edição, não será diferente, com a representação de novos artistas como Claude Monet, François Boucher, Paul Gauguin, Nicolas Poussin e J.M.W Turner com as iniciais LV do monograma igualmente emblemático e reconfigurado por Jeff Koons.

Koons, também um dos artistas mais influentes da arte contemporânea, sente uma grande ligação com estes mestres afirmando que “fazem parte do meu ADN”.

louis-vuitton-2a-colecao-jeff-koons2O seu trabalho nesta colaboração insere as criações da Louis Vuitton no mundo artístico, à semelhança de outras parcerias da marca com nomes criativos como Yayoi Kusama, Cindy Sherman, Richard Prince, Takashi Murakami, entre outros.

A coleção Masters estará disponível no dia 27 de Outubro.

http://webluxo.com.br

Deixe um comentário

“Hebe – O Musical”- Curiosidades e Destaques do Espetáculo

Hebe em várias fases de sua carreira e, ao centro, interpretada no palco por Débora Reis || Créditos: Caio Gallucci

“Hebe, O Musical”, baseado na biografia da apresentadora escrita por Artur Xexéo. O espetáculo, que entrou em cartaz nesta quinta, em São Paulo, tem direção de Miguel Falabella e conta a trajetória profissional e pessoal de Hebe Camargo. Para dar vida a Hebe, uma das mais carismáticas estrelas do teatro brasileiro: Débora Reis, que atuará na fase adulta da personagem.

Para a criação do figurino, que atravessa oito décadas da vida de Hebe, Ligia Rocha e Marco Pacheco tiveram acesso ao rico acervo de roupas conservado por sua família na casa em que viveu os últimos anos de sua vida, no Morumbi. Para a concepção dos looks – alguns são criações da dupla e outros réplicas idênticas do acervo -, a equipe se baseou em peças usadas em aparições importantes ao longo da carreira da maior estrela da TV brasileira.

PRIMEIRO ATO
O primeiro ato, que contempla desde a década de 1920, com o nascimento de Hebe, em Taubaté, até meados dos anos 1970, quando se casou com Décio Capuano (Guilherme Magon), vai se passar em preto & branco. Ideia pensada para recriar a atmosfera do início da TV brasileira, ainda com imagens sem cor. Nesta fase, Ligia contou ao Glamurama que encontrou um grande desafio. “A gente não pensa em branco e preto, a gente pensa colorido.” Seguindo o briefing passado por Falabella, teria que criar algo delirante, distante da realidade.

O look que sintetiza esta ideia? “Vestido preto com decote em “V”, manga três quartos e saia godê com ondas nos tons preto, branco, cinca e nuances”, conta Ligia orgulhosa sobre, em sua opinião, o vestido mais bonito do primeiro ato.

SEGUNDO ATO
Já no segundo ato, que começa nos anos 1970, a produção se voltou a vestidos coloridos e criados com renda  – material favorito de Hebe, assim como a cor azul turquesa. Temos muitos looks plissados e com chumbinhos nas barras – algo muito usado por mulheres que dançavam.

GRAND FINALE
Ligia destaca como o momento mais importante do musical o final, em que Hebe apresenta o programa “Elas Cantam com Roberto Carlos” – em homenagem à amizade dos dois. Para a cena, foi solicitado a Martha Medeiros que recriasse o vestido usado por Hebe na ocasião, e que não consta no acervo: um modelo de renda branco com maxis mangas. A peça ganha o palco combinada com icônico colar de rubi de Hebe.

Hebe e Roberto Carlos no palco do show “Elas Cantam Roberto” || Créditos: Reprodução Youtube

NÚMEROS DO FIGURINO
No total, 120 looks compõem o figurino de “Hebe – O Musical”. Apenas a personagem principal troca 20 vezes de roupa. O figurino do espetáculo foi concebido em dois meses – tempo recorde, segundo Ligia, com uma equipe de 12 pessoas.

JOIAS
As famosas joias de Hebe também receberam devida atenção. Ficou a cargo da designer Virgínia Tavares criar réplicas das peças mais icônicas da apresentadora para compor o figurino do espetáculo. Para a produção das cinco joias mais importantes do acervo, entre elas o colar de rubi e o famoso colar Cometa, foram usados 10 mil cristais. Tudo levou banho de platina para ficar ainda mais realista. Para a criação das joias, feitas à mão, foi preciso 25 dias de trabalho e uma equipe de cinco pessoas.

Da esquerda à direita: Hebe com suas joias de rubi, Virgínia Tavares fazendo réplica e o resultado final || Créditos: Divulgação

CURIOSIDADE DE BASTIDORES
Lilian Gonçalves, compradora de parte das joias da coleção de Hebe, gostou tanto da réplica do colar Cometa – uma de suas aquisições -, que pensa em encomendar uma para si.

Hebe com o famoso conjunto de joias Cometa, seu favorito, e a réplica feita para o musical || Créditos: Reprodução/Divulgação

#FICAADICA
Com 21 atores em cena, orquestra composta por nove músicos e mais de 30 técnicos envolvidos, a própria Hebe recebe o público que vai ao Teatro Procópio Ferreira e o convida a conhecer a sua história. Não vá embora antes do agradecimento final, quando a personagem surge trajando seu famoso vestido turquesa com o famoso colar Cometa. (por Julia Moura)

“Hebe – O Musical” 
Teatro Procópio Ferreira – Rua Augusta, 2.823 – Jardins
Espetáculos: Quinta e Sexta às 21h | Sábado às 17h e 21h | Domingo às 18h
Temporada 2017: até o dia 17 de Dezembro
Vendas: http://www.ingressorapido.com.br

glamurama.uol.com.br

Deixe um comentário

China avança na disputa pelo mercado de luxo online com lançamento de e-commerce

cine-perla

Layout do aplicativo do e-commerce de luxo Toplife || Créditos: Divulgação

O mais novo mercado a entrar na briga pelo varejo de luxo virtual é a China, com a criação do e-commerce Toplife. A plataforma pertence à JD.com, maior companhia de e-commerce do país, avaliada em US$ 10 bilhões. Ainda segundo o portal britânico “BoF”, a plataforma planeja trazer uma nova experiência de compras para o comércio eletrônico, permitindo que marcas personalizem seus espaços na plataforma e aproveitem a extensa configuração de logística da JD.com – motivo que incentivou a Farfetch a fechar parceria com a companhia em junho.

Na ocasião, a JD.com anunciou o investimento de US$ 300 milhões da empresa, criando uma equipe de 100 pessoas para administrar os negócios da Farfetch na China. Entre as marcas que já confirmaram presença no site estão La Perla, Rimowa e Emporio Armani. Claro que muitas outras querem aumentar suas vendas no Oriente. “As marcas de luxo entendem que todo o jogo de varejo na China acontece online, mas eles chegaram atrasados para entrar de repente. Por isso esperaram este tempo todo por um site de luxo que possa trazer a experiência de suas lojas físicas e é isso que construímos”, disse Xia Ding, presidente da divisão de moda da JD.com, que lidera a equipe de mil funcionários.

http://glamurama.uol.com.br

Deixe um comentário

Como Acertar o Tom em Diferentes Tipos de Mesa

castiais-candelabros-velas-na-decorao-de-casamentos-festas-e-jantares-19Afinal, com mesas caprichadas em casa estamos resgatando não apenas a prática de boas refeições mas também do convívio ao vivo e de qualidade com familiares e amigos!

No entanto, detalhes e colorido à parte, é preciso deixar claro que o ritual de todas as refeições é muito similar, se não igual mesmo.

O que pode variar é o tom da recepção e da refeição, ou seja: elementos decorativos e gastronômicos podem dar um clima diferente a cada acolhimento.

CM-2017-Workshop-Sheraton-Rio-Mesas-Decoradas_2017-09-10-marioameni_PHOTO-Campelo-55Uma refeição em casa pode ser diferente de uma refeição na empresa que, por sua vez também difere de uma mesa em casamentos e mesmo daquelas em um restaurante.

Vamos entender essa diferença sutil !

Mesa em casa – pode ter o tom no qual você se inspirar ou quiser definir: você pode fazer uma refeição divertida, esportiva, formal , temática, solene…

A azul, da foto acima, remete a praia. Já na foto abaixo a linha de Palmeiras  lembra  o campo e, combinada com o arranjo  de Flores pode se prestar também para uma refeição na varanda ou ao ar livre.

CM-2017-Workshop-Sheraton-Rio-Mesas-Decoradas_2017-09-10-marioameni_PHOTO-Campelo-63Você decide e com isso basta acrescentar elementos que ajudem a criar esse clima.

Refeições em um restaurante: nesse caso você seguirá a orientação e o estilo daquela casa. Ou seja eles já tem um tipo de serviço e utensílios – e é mais difícil mudar isso. De modo que será uma mesa mais comercial mas, ainda assim muito correta.

CM-2017-Workshop-Sheraton-Rio-Mesas-Decoradas_2017-09-10-marioameni_PHOTO-Campelo-61Mesa na empresa – a refeição na empresa tem as mesmas características de uma mesa em um restaurante porém como é uma empresa e principalmente no caso de empresas privadas, é possível dar o tom, a partir da ocasião dentro do contexto geral. Como essa acima, mais rústica e informal…

Naturalmente, a referência também pode ser as pessoas que estamos recebendo – e partir daí decidir cardápio, serviço etc.

Mesa de comemorações ou festa – uma mesa de casamento batizado ou outras festas muito familiares – é uma mesa declaradamente mais festiva que permite que se sonhe mais. Mais flores, mais cores, mais velas…. Mas sem extrapolar ou perder o sentido da ocasião tá??

Mesa de 15 anos, de noivos, de bodas de prata, mesa de aniversário infantil…aí o céu é o limite – mas sempre dentro de um padrão de bom senso.

Dica final: meseiras de todo o Brasil, sei que é uma delícia caprichar nisso ou naquilo, acrescentar peças e cores novas a uma produção! E como! Mas, não podemos perder de vista que o mais importante, seja qual for o tipo de refeição ou mesa é que elas sejam funcionais e que, as pessoas sentadas ao seu redor em reunião, divirtam-se e desfrutem o prazer de uma boa refeição!

http://www.claudiamatarazzo.com.br

 

Deixe um comentário

Melhor chef mulher do mundo, Ana Ros faz jantar em São Paulo

Cozinheiros estrangeiros vêm à capital no fim do mês para dividir panelas com brasileiros.

ana-ros-chefChefs brasileiros recebem dois gringos célebres no fim de outubro. No dia 25, o escocês naturalizado australiano Jock Zonfrillo, do restaurante Orana, de Adelaide, e a paranaense Manu Buffara, do Manu (Curitiba), cozinham com Alex Atala no Dalva e Dito (R. Padre João Manuel, 1115, Cerqueira César).

ana-ros-chef1Os jantares, que custam R$ 440 e R$ 380 respectivamente, fazem parte da programação da Semana Mesa SP, evento realizado de 26 a 29 de outubro, no Memorial da América Latina.

Estrelada. A eslovena Ana Roš, chef do Hiša Franko

No dia 26, a eslovena Ana Ros, do restaurante Hiša Franko (Kobarid), eleita melhor chef mulher do mundo pelo The World’s 50 Best Restaurants, divide a cozinha do Seen, localizado no Hotel Tivoli (Al. Santos, 1437, Cerqueira Cesar), com o titular do restaurante William Ribeiro, Helena Rizzo, do Maní (SP), e Leo Paixão, do Gluton (BH).

A agenda completa, que inclui atividades como aulas de cozinha, degustações e feira de produtores, está no site Semana Mesa SP, onde também é possível fazer reserva para os jantares magnos.

Via |  Semana Mesa São Paulo

http://webluxo.com.br

Deixe um comentário

Coleção de litografias de Picasso vai a leilão em Paris em meio a segredos e regras

As litografias de Picasso || Créditos: Reprodução

Uma coleção raríssima de 100 litografias feitas por Pablo Picasso vai a leilão nos dias 25 e 26 de novembro em um evento repleto de segredos que está sendo organizado pela empresa parisiense Ader Nordmann. Será uma venda no martelo às antigas e totalmente fora dos padrões atuais do mercado leiloeiro, a começar pelo fato de que lances não presenciais feitos por telefone ou outros meios não serão permitidos – lembrando que hoje em dia são poucos os que curtem ser vistos por aí comprando coisas caras em público, e a maioria prefere o anonimato que a tecnologia proporciona nessas ocasiões.

O palco dos negócios também é inusitado, o Théâtre National de l’Opéra-Comique, um dos prédios mais famosos de Paris, e os interessados em ver uma prévia dos trabalhos do artista espanhol terão que preencher uma papelada para comprovar que são, de fato, familiarizados com a obra dele. Vários já “caíram” no processo seletivo, o que criou uma espécie de competição pra saber quem é aprovado ou não. As regras foram impostas pelos herdeiros de Henri M. Petiet, um colecionador francês que comprou as litografias durante a Segunda Guerra Mundial.

Picasso, claro, é muito mais conhecido por suas telas, mas ele também produziu vários prints, porém a maioria se perdeu ao longo dos anos ou foi destruída. A coleção que vai a leilão, além de estar completa, também foi assinada pelo pintor e é parte de uma série de encomendas que ele recebeu do art dealer Ambroise Vollard entre 1930 e 1937, o que explica seu nome (“Vollard Suite”) e tem um valor estimado entre € 1,5 milhão (R$ 5,5 milhões) e € 2 milhões (R$ 7,4 milhões). (Por Anderson Antunes)

http://glamurama.uol.com.br

Deixe um comentário

EtiquetaVirtual : Não Esqueça o Básico Essencial!

cyber-loves-websiteNão adianta ser rápido em usar todos os novos aplicativos e atropelar por conta da ansiedade – como muitas vezes acontece. Isso pode afetar sua imagem como profissional e mesmo como pessoa. Assim como dizer obrigada, por favor e com licença, algumas regras básicas de bom uso da tecnologia tem sido esquecidas e devem sim ser respeitadas para melhorar o convívio diário.

1- Quando teclar : da mesma forma que você se desculpa para ir ao banheiro, você também deve pedir licença e se retirar para atender ao seu telefone – simples assim.

2- Como falar no viva voz : não use viva voz a menos que você esteja em seu escritório ou casa sem outras pessoas exceto as diretamente envolvidas no assunto em questão. E acredite: usar o viva voz com volume alto para ouvir recados de sua caixa postal da voz é a definição da deselegância. Fora o que irrita os outros.

3  Algumas dicas básicas para e-mails: se tudo o que você tem a dizer em sua resposta de e-mail é “Obrigado!” não precisa enviá-lo. Salvo se tiverem pedido para acusar recebimento.

Emails também tem horário  e não é frescura: e-mails de trabalho devem ser enviados de preferência uma hora antes do início da jornada de trabalho e até duas horas depois que termina . E não sou eu quem diz mas o ” The Modern Gentleman” . Isso faz com que o fluxo diminua e consequentemente a ansiedade geral também…

Ainda , evite ao máximo ” gritar” usando letras de forma, fontes coloridas ou clip-art emoticons. E não custa lembrar que é falta de educação anexar arquivos grandes e pesados sem avisar.

4 -Conferindo mensagens –  evite conferir recados de voz ou texto em dispositivos pessoais durante uma reunião com a presença de seus superiores. Segure a onda e aguarde o final do encontro

5- O básico para o uso de celulares: ao falar com alguém ao vivo, não espiche o olho para o seu celular para conferir recados ou mensagens….

CM-Blog-Belicosa-Smartphone_claudiamatarazzoAtenda corretamente: parece fácil mas, com as invasão das mensagens de texto, muita gente desaprendeu de falar ao telefone. Assim, no trabalho, atenda falando antes o nome da empresa, setor e finalmente o seu: indique seu nome e local de negócios: “Companhia de sal Salinas, marketing, Isabel falando – como posso ajudar?”

6 – Correio de voz:  no trabalho, ao deixar recados gravados de voz, informe seu nome, local de trabalho e número. E bem sucintamente diga por que você está chamando. Repita seu nome e diga adeus.

7 – Smartphones no escritório – se deixar o celular em sua mesa, o ideal é desligar. Se não consegue, use- o no vibra e ao falar, tente moderar o tom de voz pois ainda há uma tendência a falar mais alto quando estamos ao celular.

http://www.claudiamatarazzo.com.br

Deixe um comentário

Etiqueta Virtual: Dúvidas e Micos para Evitar

facebook-iconFacebook é democrático sim – mas as pessoas e os sentimentos nem tanto…

1- Quer ser amigo/a do seu chefe? O ideal é esperar ele pedir. Chefes tem seu próprio grupo de amigos e interesses – parece pouco democrático mas evita que você se exponha

2- Não peça – para ser amigo mais de uma vez

3- Não tecle – nada que você não diria na vida real e ao vivo .

4- Polêmica –  causa e faz muito sucesso, mas, dependendo do caso, releia reavalie antes de publicar – e pense se vale a pena

5- Cuidado  – nunca é demais. Falar mal de alguém só porque ele não está na sua lista de amigos é coisa de neófitos…

6- Não se ofenda – se alguém não te aceitar como amigo – nem todo mundo vê tudo o tempo todo, ou acha que é normal ser amigo do amigo dos amigos.

linkedin_business_communicationhttp://www.claudiamatarazzo.com.br

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: