Arquivo para categoria Desfiles

As maiores esquisitices da temporada de primavera/verão 18 de Paris

Da esquerda à direita: Look Maison Margiela e Comme des Garçons, flatform Crocs por Balenciaga e presilha de cabelo Maison Margiela || Créditos: Getty Images/Reprodução Intagram

A temporada de primavera/verão 2018 da Semana de Moda de Paris chegou ao fim nessa quarta-feira deixando como acervo uma lista

5poderosa de esquisitices. Se vão pegar nas ruas ou não, é outra questão…

2Entre os itens que mais dividem opiniões estão a versão do Crocs criada pela Balenciaga – com salto plataforma altíssimo – e os tênis tipo da

7

Loewe que, com bicos exageradamente voltados para cima, parecem ter saído de um figurino de duendes. E aí, vai encarar? 

glamurama.uol.com.br

Anúncios

Deixe um comentário

Elie Saab -PRIMAVERA-VERÃO 2018- Paris

Amazônia inspira Elie Saab nessa primavera-verão 2018 apresentada no Grand Palais durante a Semana de Moda de Paris. Será que é influência da Gisele?

O resultado são cores fortes (especialmente verde, azul e amarelo mais vermelho) entre pretos e brancos, muita franja e

estampa de píton. Ao que tudo indica o estilista tem deixado a imagem de princesa cada vez mais de lado (sem abandoná-la – ela ainda está

aqui mas em menor número) pra se dedicar a uma mulher mais sensual, ciente das curvas de seu corpo e sedutora

Bordados e rendas convivem com lisos, estampas e aplicações.

lilianpacce.com.br

1 comentário

Valentino -PRIMAVERA-VERÃO 2018- Paris

Não se assustem, românticas fãs de Valentino: o longo etéreo fechado e floral segue nas araras. Ainda…

Mas a primavera-verão 2018 apresentada na Semana de Moda de Paris dá espaço pra uma tendência forte que, por mais que uma reportagem que anda circulando no Facebook diga que anda flopada

(por culpa de millennials que preferem tomar suco verde e se relacionar em aplicativos, imagine só), está quente nas passarelas: a balada. Quem (ainda) resiste ao hedonismo de uma pista de dança?

Ao som de Grace Jones?! O estilista Pierpaolo Piccioli pensa no glamour dos anos 80 que o fundador da marca soube canalizar e refletir tão

bem, mas o mistura com um prata à minimalismo anos 90 (com direito a sobreposições de peças sem mangas com tamanhos de decote variados), junta com volumes (especialmente o balonê) e transparências com bordadinhos à petit pois… 

lilianpacce.com.br

Deixe um comentário

Chanel- PRIMAVERA-VERÃO 2018-Paris

A vida ao ar livre – de preferência na beira de cachoeiras… A Chanel, pra variar, se supera no quesito cenário pra essa primavera-verão 2018:

eles construíram cascatas artificiais no Grand Palais (e chamaram tudo isso de “paisagem efêmera”) com direito a grutas por trás da água caindo, de onde as modelos saíam! De cair o queixo. E a roupa tem a ver?

Bom, pra aproveitar todo esse efeito da água, Karl Lagerfeld inclui muito plástico transparente tipo capa de chuva– até a bota cuissarde agora é waterproof!

Na roupa, o equilíbrio entre uma atração irresistível pelo streetwear e o tradicional tweed segue forte, com direito a jeansmanchadosà dip

dye ou tie-dyeminissaiabarriga de forabolsa carteiro. Atenção pra silhueta: os ombros ganham destaque com estrutura e até mesmo “ponta”.

31017-chanel-primavera-verao-2018-20-400x600A sequência final vem translúcida e com aplicação que lembra gotas de água caindo em, adivinha, cascata. 

lilianpacce.com.br

 

Deixe um comentário

Combinar meias com sandálias segue firme na próxima estação… Como usar?

Da esquerda à direita: looks da Preen, meias da Burberry e look da MSGM – verão 2018 || Créditos: Reprodução Instagram

Um das grandes lições que ganharam ainda mais força nas últimas temporadas internacionais de moda: não tenha medo de usar sandálias com meias. Coloque a culpa no grunge dos anos 1990 e seja feliz.

A combinação, que está cada vez mais ocupando as ruas, apareceu no desfile de Marc Jacobs, que apostou em meias com chinelos tipo Birkenstock. Também tiveram destaque nos stylings da Erdem, Burberry, Preen, Gucci, Missoni, Fendi, Prada, Dolce & Gabbana e Dior.

O boom das meias com sandálias nas passarelas primavera-verão 2018 reforça a tendência. As melhores dicas? Deixá-las pouco acima da canela e usar com mocassins, coturnos, sapatos Mary Jane, slides, tênis descolados, rasteiras e até com sandálias de tiras finas e salto alto.

glamurama.uol.com.br

Abaixo, as melhores opções apresentadas nas temporadas internacionais.

Deixe um comentário

Lacoste comemora 85 anos em Paris com bela coleção

lacoste-primavera-veraoUma passarela branca e aberta, simulando uma quadra de tênis e com as sete letras gigantes do nome Lacoste espalhadas pelo chão, foi montada no jardin des Tuileries na manhã de quarta-feira, 27 de setembro. Foi o cenário escolhido pela marca do jacaré para comemorar seu 85º aniversário e seu retorno à Paris depois de 14 anos de desfiles em Nova York.

No centro, o trio Chassol tocava uma música jazz-electro, a trilha sonora ideal para acolher uma coleção Primavera-Verão 2018 mix and match, na qual agasalhos e vestidos chics se misturaram. Os vestidos bustier foram usados ​​com tênis e meias esportivas, enquanto jaquetas retrô foram combinadas com mocassins.

lacoste-primavera-verao-2018Casacos amplos e coloridos foram vestidos sob vestidos azul-marinho com botões dourados, e o blazer clássico apareceu na versão moletom. Todas as pecas nas cores típicas da Lacoste: azul-marinho, verde, vermelho e branco.

“É uma mistura de gêneros, que vão do preppy formal ao vestuário moderno, quando Lacoste se popularizou nos anos 80 e 90.

Todas as fronteiras entre sportswear e daywear estão sendo derrubadas, é um momento muito interessante para um designer”

… comentou nos bastidores do desfile, o estilista Felipe Oliveira Baptista, responsável pela direção artística da marca desde 2011.

lacoste-primavera-verao16Os homens, por sua vez, apareceram com shorts e bermudas ultra-confortáveis, malhas torcidas azul-céu, calças largas ou calças jeans desbotadas.

As mulheres alternaram peças preppy, como o conjunto calça-cardigã em malha creme bordada com detalhe azul-marinho e vestidos de verão com as estampas icônicas da marca: jacaré, bola de tênis e óculos de sol.

“Eu queria revisitar toda a história da Lacoste em uma grande versão condensada que começou em 1933, com o gesto de René Lacoste cortando a manga de sua camisa branca para criar a primeira pólo”, continuou o estilista português, que construiu seu guarda-roupas para o próximo verão essencialmente com algodão piquet, jersey e nylon, “materiais muito autênticos e que são a identidade da Lacoste.

 

Na coleção, não faltou, é claro, a lendária pólo, revisitada em cores e padronagens inesperadas, ou transformadas em vestidos assimétricos com os ombros descobertos.

webluxo.com.br

Deixe um comentário

Tie-dye em versão effortless-chic é aposta para o verão na Semana de Moda de Milão

Vestido Salvatore Ferragamo e looks MSGM da temporada de primavera/verão 2018 || Créditos: Reprodução

A psicodelia do tie-dye, uma das bases do estilo libertário dos jovens hippies dos anos 60 e 70, caiu no esquecimento nos anos 1980 para voltar com tudo nos anos 90, se tornando obsessão das adolescentes quando passou a ser produzido em massa pelas grandes redes de varejo. E a técnica de tingimento caiu de novo nas graças de estilistas nesta temporada de moda de primavera/verão 2018 de Milão, que chegou ao fim nessa segunda-feira.

Ele deu o tom de uma temporada marcada pelo uso das técnicas artesanais. Entre as marcas que apostaram nesta onda estão Salvatore Ferragamo, Marco de Vincenzo, MSGM e Stella Jean. Às interessadas em aderir à tendência, vale apostar em produção mais relaxada e com tecidos mais sofisticados como seda, como propõe MSGM e Salvatore Ferragamo. Para não criar um visual too much Janis Joplin, evite combiná-lo a outros ícones do movimento hippie, como óculos arredondados e franjas. 

glamurama.uol.com.br

Deixe um comentário

As supermodelos no desfile da Versace

Carla Bruni, Claudia Schiffer, Naomi Campbell, Cindy Crawford e Helena Christensen: supermodelos estão de volta! || Créditos: Divulgação

A temporada de verão 2018 está na reta final e, no terceiro dia de desfiles em Milão, a Versace esbanjou atitude e sensualidade, como sempre. Na passarela da marca comandada por Donatella Versace, uma coleção vibrante, repleta de animal prints, cores e tons metálicos. A cereja do bolo ficou por conta do encerramento apoteótico, quando entraram em cena as icônicas supermodelos dos anos 1990: Carla Bruni – ex-primeira dama da França -, Claudia Schiffer, Naomi Campbell, Cindy Crawford e Helena Christensen.

cine-2-

Carla Bruni em desfile da Gianni Versace em 1992, Carla Bruni com Gianni Versace em 1993 e Cindy Crawford no desfile da Gianni Versace em 1992 || Créditos: Reprodução

O quinteto foi ovacionado pelos convidados ao entrar ao mesmo tempo na passarela ao som da música “Freedom”, de George Michael, com

cine-1-1-1

Carla Bruni, Naomi Campbell and Gianni Versace em 1992 e o estilista com Claudia Schiffer e Naomi Campbell em 1996 || Créditos: Reprodução

vestidos dourados e acompanhado por Donatella, em uma homenagem ao irmão, Gianni Versace, assassinado em Miami, em 1997.

 

Deixe um comentário

Gucci PRIMAVERA-VERÃO 2018-Milão

Alessandro Michele aposta na diversidade de estilos já há algumas temporadas na Gucci, mas ela sempre é tão rica e esfuziante que a gente não cansa de se empolgar com ela!

Dessa vez, pra primavera-verão 2018, ele garante que a criação e a criatividade é um ato de resistência – não chega a se referir necessariamente a onda neoconservadora, mas isso fica implícito. 

A passarela azul se refere ao rio Tibre que corre por Roma e a música sai da (ótima) trilha sonora do filme “Réquiem para um Sonho“.

Espalhados pela cenografia, reproduções de estátuas e portais vão do Egito ao classicismo passando pela Índia e pelos astecas. O clima é de um museu bem modernoso (ainda mais com as luzes à boate) e de multiculturalismo. Outras referências?

Já os acessórios no pescoço parecem patuás – guias, terços de pérola, chifres. A logomania segue forte com diferentes monogramas, logo na bolsa… E o cabelo à Melanie Griffith em “Uma Secretária de Futuro“? 

Ombros supermarcados também trazem o universo até então setentista da Gucci cada vez mais pros anos 80.

lilianpacce.com.br

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: